Como funciona o serviço bancário internacional

0 16
Por Luigi Wewege

O serviço bancário internacional, às vezes, é considerado como uma ferramenta financeira disponível apenas para corporações e indivíduos com alto patrimônio. O fato é que existem instituições bancárias offshore dispostas a oferecer contas pessoais para uma maior variedade de níveis de renda. Isso também se aplica aos proprietários de pequenas empresas.

Para determinar se este tipo de estratégia financeira é adequada para você, vale a pena saber como funciona o serviço bancário internacional, a necessidade pesquisar a respeito e o que poderia significar a manutenção de contas bancárias internacionais para o seu futuro financeiro.

Compreendendo os conceitos básicos

Um banco internacional é uma instituição financeira que oferece diferentes tipos de contas para clientes que sejam cidadãos estrangeiros. Algumas vezes denominados como bancos offshore, estas instituições podem ter como foco principal o fornecimento de serviços bancários e de investimento para pessoas físicas. Outros bancos deste tipo podem focar em oferecer contas comerciais ou de negócios para empresas qualificadas.

As políticas, os procedimentos e as operações gerais de um banco internacional devem cumprir com as leis aplicáveis do país em que a instituição foi configurada para funcionar. Respeitando essas leis e regulamentos, as entidades individuais são livres para estabelecer políticas exclusivas de seus bancos.

É importante lembrar que, embora os bancos internacionais tenham como foco a prestação de serviços a clientes estrangeiros, também podem servir como a instituição preferencial para pessoas que sejam residentes, mas não cidadãos dessa mesma localização no exterior. Por exemplo, alguém que eventualmente planeja aposentar-se em um país em particular, seria considerado como um expatriado e poderia continuar fazendo negócios com esse mesmo banco nos próximos anos.

Quais são os tipos de contas pessoais que você pode abrir?

Muitos bancos offshore oferecem contas semelhantes às oferecidas pelas instituições bancárias nacionais. Você não terá nenhum problema em encontrar opções que ofereçam as mesmas funções associadas às contas correntes, de poupança e inclusive certificados de depósito. Os nomes podem ser um pouco diferentes, mas são identificáveis com relativa facilidade. Você simplesmente precisa rever as descrições fornecidas pelo banco. Uma vez feito isso, você saberá qual tipo de conta oferecerá as funções e os benefícios que você deseja.

Uma conta de depósito a prazo, por exemplo, funciona de maneira muito semelhante a um certificado de depósito nacional. Você deposita fundos na conta e os mantém lá durante um determinado período de tempo, ao final do qual, você tem a opção de transferir o saldo total e o depositá-lo para outro prazo ou retirar os juros em uma conta de depósito à vista e deixar que o saldo principal financie um novo prazo. Você também pode optar por transferir o saldo total da conta de depósito a prazo para qualquer uma das suas outras contas.

O mesmo é válido para as contas de investimento. Muitos bancos internacionais oferecem serviços de investimento ou têm vínculos com empresas de investimento offshore que estabelecerão contas para os clientes do banco. Se é isso que você está pensando para suas atividades bancárias e investimentos no exterior, esse tipo de acordo facilita a transferência de dinheiro do investimento para as suas contas bancárias, ou vice-versa.

Os empresários que desejam estabelecer presenças internacionais podem achar que trabalhar com um banco offshore é uma decisão inteligente.

O que acontece com as contas comerciais internacionais?

Os proprietários de empresas que desejam estabelecer uma presença internacional podem considerar que trabalhar com um banco offshore é uma decisão inteligente. É provável que o banco ofereça contas que sejam ideais para acolher os fundos operacionais, fundos de folha de pagamento e até mesmo depósitos a prazo que permitam armazenar dinheiro e obter maiores lucros.

Também é comum que os bancos offshore forneçam o que se conhece como cartas de crédito. Neste caso, a instituição simplesmente confirma que a empresa tem os recursos necessários para funcionar dentro do país e, possivelmente, em outros países onde existam tipos específicos de acordos econômicos ou financeiros. Essas cartas de crédito fazem com que o processo de compra e venda transfronteiriça de bens seja mais simples e mais eficiente.

O que o banco precisará para poder estabelecer uma conta?

Independentemente do tipo de conta offshore que você está planejando abrir (pessoal ou empresarial), existem documentos que você deve fornecer e requisitos que deve cumprir. Grande parte do trabalho pode ser feito de forma virtual, mas é possível que, em algum momento, você precise enviar as cópias impressas para sua revisão. Isso pode envolver a contratação de um agente residente do país onde seu banco funciona, ou pode exigir que você visite a cidade pessoalmente para ter acesso às cópias impressas.

As pessoas físicas devem fornecer a documentação que confirme suas identidades, por exemplo, o passaporte. Alguns bancos internacionais também aceitam outros documentos de identificação que contenham a foto do solicitante, tais como a carteira de motorista ou uma identificação estudantil com foto incluída. Além disso, você deve fornecer a documentação que comprove o endereço de residência permanente da pessoa. Pode ser uma nota fiscal de serviços públicos ou um extrato de conta assinado e notariado. Em alguns países, uma cópia da primeira página da declaração nacional de impostos também é considerada aceitável.

As pessoas particulares passarão, além disso, por uma verificação de suas fontes de renda. Isso pode ser um talão de cheques do seu empregador, extratos bancários notariados ou documentos trimestrais de reembolso de ações que confirmem o recebimento desses rendimentos de maneira recorrente.

Também é necessária uma referência bancária proveniente de um banco nacional, no país de origem. O objetivo desse documento é verificar que o cliente realmente tem boa reputação.

O que acontece com a abertura de contas comerciais ou de negócios?

Quase tudo o que você precisa para configurar uma conta individual também se aplica ao estabelecimento de contas offshore comerciais ou de negócios. Aqueles que estão autorizados a utilizar as contas devem apresentar um comprovante de residência, de identidade, e uma prova da boa reputação da empresa atual em um banco nacional. Além desses elementos essenciais, há algumas coisas que são necessárias para configurar contas comerciais internacionais.

Você deve fornecer um conjunto completo dos documentos da fundação da empresa. Isso inclui os estatutos, documentos fiscais nacionais, um organograma e qualquer informação da companhia que o banco solicite. Não é necessário adivinhar o que será e o que não será necessário. O banco fornecerá uma lista de todos os documentos da empresa necessários.

Outro elemento essencial que os clientes comerciais devem fornecer é um plano de negócios. O plano ajuda a explicar, em primeiro lugar, porque é necessário abrir a conta internacional. Também dá ao banco uma ideia de como a empresa pretende operar dentro do país e de qualquer outra nação que tenha acordos comerciais em vigor com o mesmo.

 Contas offshore novas e saldos mínimos

Geralmente, tanto as contas individuais como as comerciais exigem algum tipo de depósito mínimo, os quais são necessários para começar a pagar juros a partir dos saldos. Espera-se que você mantenha esses saldos para continuar recebendo os juros.

Considere que algumas contas podem ser abertas com depósitos inferiores ao saldo mínimo exigido. Até que o valor em conta seja igual ou maior que esse saldo mínimo, você não receberá juros sobre os depósitos. Preste muita atenção à forma como os juros são aplicados e se há algum aumento caso você mantenha um saldo mais alto. Isso pode ser especialmente útil se você planeja usar as contas para reservar fundos para sua aposentadoria.

Como gerenciar suas contas offshore?

Você pode decidir por ter um profissional de serviços financeiros gerenciando suas contas em seu nome. Também existe a opção de gerenciá-los por conta própria, caso você fique parte do ano dentro do país onde as contas estão localizadas. Para o restante do tempo, muitos bancos offshore oferecem acesso on-line às contas de pessoas físicas e também corporativas.

Para obter esse acesso, você deve ter suas credenciais reconhecidas pelos servidores do banco. Existe a opção de atualizar essas credenciais. Na verdade, alguns bancos internacionais solicitarão que os depositantes façam isso regularmente. Essa estratégia ajuda a reduzir o risco de violação da conta.

Uma vez que tenha acesso a suas contas, é possível transferir fundos de uma para outra, verificar saldos ou fazer depósitos a partir de suas contas nacionais. Muitos bancos offshore permitem ao cliente fazer ajustes para que os cartões de débito ou outros instrumentos possam ser utilizados durante a viagem. Ao abrir as contas, o banco fornecerá uma lista completa de tarefas que você pode executar usando a interface on-line.

É realmente necessário ter contas offshore?

Existem razões de peso para abrir contas no exterior? A resposta é sim. Esse tipo de ferramenta financeira protege seus ativos de qualquer problema político, econômico ou legal que possa estar acontecendo em seu país de origem. Geralmente, você pode aproveitar as taxas de juros mais competitivas e aumentar esses saldos mais rapidamente. Se você planeja viver nesse país, essas contas podem ajudá-lo a estabelecer uma fonte de renda para fazer a transição.

Frequentemente, os proprietários de negócios descobrem que os benefícios fiscais oferecidos no país os ajudam a maximizar o uso dos lucros. Também, estes podem estar mais bem posicionados para construir suas bases de clientes dentro desta nação e das nações vizinhas. Pode existir a oportunidade de utilizar incentivos de desenvolvimento econômico através do estabelecimento de contas bancárias e da presença física dentro de uma determinada nação.

Você gostaria de saber mais sobre como funcionam os bancos internacionais para empresas ou pessoas físicas e como isso poderia ser a solução certa para você? Os especialistas bancários da Mundo Offshore em Belize têm as respostas corretas para suas questões financeiras.

Entre em contato com a Mundo Offshore hoje mesmo para iniciar este processo.


Luigi Wewege é o vice-presidente de um dos bancos mais prestigiados de Belize. Ele publicou o livro “The Digital Banking Revolution” e também é co-autor de uma investigação apresentada ao Congresso dos EUA. Além de escrever para a Mundo Offshore, Luigi é instrutor na escola FinTech e palestrante no Centro de Inovação do Vale do Silício. Ele possui diploma com especialização em negócios internacionais e mestrado triplo em Finanças, Negócios Internacionais e Administração pela University of Missouri-St. Louis.
Comentários
WhatsApp chat