Oportunidade de investimento: fertilizantes orgânicos-minerais

0 18

Nesta oportunidade, a Mundo Offshore apresenta uma excelente oportunidade de investimento: Fertilizantes líquidos, minerais e orgânicos-minerais.

Essa tecnologia é baseada na aplicação de fontes renováveis de matérias-primas e nutrientes recicláveis, uma atividade que é muito lucrativa.

Os fertilizantes obtidos graças a esta tecnologia contêm macro e micro elementos, aminoácidos, assim como húmus e nutrientes.

Os fertilizantes são usados principalmente na produção industrial na área da agricultura, mas também podem ser usadas para instalações de infraestruturas, florestas recreacionais, para a restauração de solos danificados ou empobrecidos, bem como para o desenvolvimento de novos solos aptos para a agricultura.

1-A tecnologia para a produção de fertilizantes minerais compreende:

Preparação das cinzas através de métodos de separação magnética com o objetivo de minimizar o teor de metais pesados de acordo com as normas internacionais.

2-A tecnologia de produção de fertilizantes orgânicos-minerais compreende a extração do lodo armazenado em aterros, em seguida, o tratamento deste por meio de diferentes processos: separação, moagem, desidratação e tratamento térmico. Uma vez que o lodo esteja enriquecido com nutrientes na medida necessária, o mesmo é granulado e embalado.

3-A tecnologia de suspensão centralizada para a produção de fertilizantes líquidos, compreende a desinfecção controlada de massa líquida, aceleração da conversão bioquímica de gorduras, proteínas, hidratos de carbono, ácidos húmicos e húmus, assim como também o enriquecimento com nutrientes de acordo com a proporção especificada. A etapa final consiste em engarrafar o fertilizante líquido.

As linhas de processamento são equipadas com sistemas de controle automático e controle de qualidade para matérias-primas, produtos semi-acabados e produtos acabados e com sistemas automáticos de análise e monitoramento.


“Essa tecnologia é baseada na aplicação de fontes renováveis de matérias-primas e nutrientes recicláveis”.

Vantagens desta tecnologia

-Uso de matéria-prima renovável. Uso cumulativo de certos avanços tecnológicos, resultando em uma tecnologia de produção genuína de um excelente fertilizante.

-Altos níveis de automação e de controle de qualidade.

-Possibilidade de criar um composto fertilizante de base animal, com base em resíduos de aves de criação, resíduos públicos e resíduos da indústria madeireira.

-Possibilidade de replicar a tecnologia em outras plantas de processamento.

O principal requisito é o volume da formação de lodo nas usinas de processamento e o controle do nível de contaminantes por metais pesados.

A quantidade mínima de lodo armazenado deve ser de pelo menos 100 mil toneladas por ano.

No caso de obter resultados preliminares positivos, o processo de replicação pode ser implementado em quatro fases.

Fase 1: determinação da fórmula de fertilizante, desenvolvimento de especificação durante a replicação da tecnologia. Duração: 19 meses.

a) requerimento de informações necessárias para propostas de desenvolvimento:

-métodos de tratamento de águas negras.

-resultados da composição química do lodo quanto a metais pesados e indicadores sanitários.

-tipos de tecnologia que serão utilizadas durante o processamento do lodo.

-no caso de existir aterros para um armazenamento a longo prazo, a determinação da capacidade de armazenamento.

b) seleção do método de decantação de resíduos.

c) determinação dos níveis de controle de calor e de outros tipos de tratamento com a finalidade de eliminar as bactérias patogênicas.

d) desenvolvimento das fórmulas recomendadas de fertilizantes líquidos e agrominerais para testá-las em culturas de crescimento rápido.

e) realização de testes agroquímicos nos fertilizantes obtidos.

f) desenvolvimento dos requisitos específicos para a tecnologia de produção de fertilizantes líquidos agrominerais, com base nos resultados de análises agroquímicas.

g) desenvolvimento de especificações para fertilizantes e para o seu registro correspondente.

Fase 2. Desenvolvimento da documentação do projeto. Desenvolvimento e aprovação de uma série de projetos e da documentação dos métodos de trabalho correspondente. Duração: 6 meses.

Fase 3. Desenvolvimento da documentação de trabalho, instalações de produção. Duração: 9 meses.

Fase 4. Atividades de pré-comissão, produção com indicadores qualitativos de acordo com as especificações, certificação de produtos. Duração: 3 meses.

O Centro de Tecnologias de Tratamento de Resíduos (WTTSC, em sua sigla em inglês) está pronto para fornecer uma gama completa de serviços, ou parte dos mesmos, implementando o projeto juntamente com o Cliente, oferecendo assistência na implementação da tecnologia e fornecendo a logística de engenharia no projeto de campo.

Comentários
WhatsApp chat