Residência nos Emirados Árabes Unidos

0 24

Alexandros Philippides é nosso especialista em Dubai, e queremos convidar todos os leitores da Mundo Offshore para ter a oportunidade de se beneficiar do seu conhecimento.

Dubai é maior e mais populosa cidade dos Emirados Árabes Unidos. É uma jurisdição independente e constitui um centro de negócios no Oriente Médio. As receitas do petróleo ajudaram a acelerar o desenvolvimento da cidade, que já era um importante centro comercial. Por ser um centro de crescimento para o comércio regional e internacional desde o início do século XX, a economia de Dubai é baseada na renda do comércio, turismo, aviação, bens imóveis e serviços financeiros. Além disso, tornou-se um grande ponto de acesso em razão da confiança e da segurança que os bancos oferecem atualmente.

Agora, nós convidamos você para conferir a entrevista a seguir com o nosso especialista Alexandros Philippides, e descobrir as incríveis vantagens de obter a residência em Dubai.


 – Quais programas de residência são oferecidos nos Emirados Árabes Unidos?

 Residência através do registro de uma empresa em Dubai

A forma mais popular de obter uma residência em Dubai é registrando uma empresa no Emirado ou em uma das muitas zonas francas que operam nos EAU. Se a abertura de uma empresa em terra exige um parceiro local, o registro de uma empresa na zona franca dos EAU proporciona a propriedade plena da empresa. Este tipo de visto residencial permite que cidadãos estrangeiros sejam acionistas em uma empresa local e também contratem empregados, dependendo do tamanho do espaço do escritório que alugam, o qual deverá estar dentro das instalações da zona franca.

A validade de um visto de proprietário/investidor obtido pela incorporação de uma empresa nos EAU é de três anos, e pode ser renovada ao expirar, desde que a empresa se mantenha em bom estado.

Residência através da aquisição de uma propriedade em Dubai

Outra forma de obter um visto de residência em Dubai é comprar uma propriedade. A condição de obter uma residência através deste meio é comprar um título de propriedade, sem qualquer ônus, de pelo menos 1 milhão AED (aproximadamente 275.000 USD). Um visto de residência obtido desta maneira tem um período de validade de 2 anos e não dá o direito de trabalhar no Emirado. Entretanto, a principal vantagem desta opção é que os proprietários não são obrigados a registrar uma empresa em Dubai.

Dubai é a maior e mais populosa cidade dos Emirados Árabes Unidos. É uma jurisdição independente e constitui um centro de negócios no Oriente Médio.

– Quais são os benefícios que os investidores e empresários podem obter com este tipo de residência?

Os Emirados Árabes Unidos são um lugar muito confortável, atrativo para viver e fazer negócios, portanto, a obtenção do visto de residência nesta jurisdição é uma escolha muito comum entre empresários de todas as partes do mundo. Obter um visto de residência nos EAU fornece um número considerável de benefícios e oportunidades. Aqueles que possuem um visto de residência têm permissão para trabalhar e ficar nos EAU sem interrupção e sem necessidade de sair do país por um período de tempo, desde que o visto se mantenha em vigor.

O visto residencial recebido em Dubai, ou em outro Emirado dos EAU, também fornece a oportunidade de solicitar vistos residenciais para familiares diretos: cônjuge e/ou filhos menores de 18 anos de idade.

Ter um visto de residência em Dubai não envolve nenhuma consequência tributária adicional por parte dos Emirados Árabes Unidos, uma vez que nos Emirados não se aplicam impostos sobre a renda e nem impostos corporativos a indivíduos ou instituições que tenham estatuto de residentes fiscais no país. Os EAU oferecem oportunidades para reduzir legitimamente a carga fiscal geral de qualquer indivíduo de alto patrimônio líquido. Isto se deve aos acordos internacionais de dupla tributação formados entre os Emirados Árabes Unidos e diversos países, e ao fato de que os EUA não aplicam nenhuma forma de tributação direta.

Um indivíduo que adquira um visto de residência nos EAU é considerado residente fiscal dos EAU e susceptível a ser relatado sob as regulamentações do CRS. Os EAU têm celebrado tratados para evitar a dupla tributação com mais de 76 países em todo o mundo, e um residente dos EAU pode tirar vantagem deste acordo no seu país de origem ao verificar os impostos. O ministro de finanças – (EAU) emitirá um certificado de residência fiscal em uma solicitação que indique o seu lugar de residência para efeitos de tributação.

– Quais são os requisitos?

Os requisitos variam, dependendo de como se adquire um visto de residente, seja através de emprego, investimento em empresas ou imobiliária.

– Por que você acha que a residência nos EAU pode vir a ser de interesse para empresários latino-americanos?

Os EAU são uma área terrestre que está na lista branca e que oferece oportunidades de negócio que existem apenas em centros industriais e financeiros desenvolvidos. As empresas internacionais que se mudam para os Emirados Árabes Unidos estão em um mercado próspero, com uma infraestrutura excelente.

A política business-friendly incentivada pelo governo tem fomentado os investimentos estrangeiros e contribuído para o desenvolvimento econômico do país, transformando-o em um centro cosmopolita que dá as boas-vindas a diversos especialistas e à mão de obra competitiva. Além disso, Dubai tem surgido como uma jurisdição popular para a realocação de pessoas que possuem um alto valor líquido (em Inglês, HNWI), construindo uma forte alternativa ao Reino Unido, Suíça, Mônaco, Cingapura e países similares.

As zonas econômicas especiais, as zonas francas e as empresas offshore nos EAU oferecem uma propriedade de 100%, a repatriação de lucros, a otimização tributária e uma ampla rede de mais de 80 tratados de dupla tributação. Dubai é um centro financeiro muito forte que atrai cada vez mais negócios. Nos últimos anos, muitas empresas multinacionais têm optado por localizar sua sede nos EAU, o que levou Dubai a ganhar a reputação como um centro de negócios regional.

Nos últimos tempos tem havido uma explosão na riqueza de indivíduos de alto patrimônio líquido das nações latino-americanas, e isso foi somado a perspectiva de uma crescente incerteza política. Os cidadãos destes países, portanto, têm explorado opções mais seguras com o objetivo de garantir a preservação de sua riqueza, conquistada de forma árdua, e de melhores condições de vida para sua família.

A América Latina é uma potência econômica que oferece uma grande quantidade de comércio e potencial de investimento para as empresas em Dubai. As relações comerciais de Dubai com a América Latina têm crescido constantemente nos últimos anos, dobrando o número de empresas latino-americanas registradas na câmara de comércio e indústria de Dubai.


Como nosso especialista já afirmou aqui, Dubai é uma região forte e eficiente na gestão de impostos, que, além disso, oferece grandes e sólidas oportunidades para os empresários latino-americanos que queiram proteger a sua riqueza e encontrar melhores padrões de vida.  A Mundo Offshore está pronta para ajudá-lo a estabelecer o seu negócio e aproveitar esta excelente oportunidade. Ao estabelecer o seu negócio em Dubai, você poderá desfrutar de fazer parte de um mercado bastante próspero. Contate-nos ainda hoje para obter mais informações e obter a assistência profissional que você está procurando, a Mundo Offshore pode tornar isso possível!

Comentários
WhatsApp chat