Serviços corporativos na Suécia, entrevista

0 24

A Suécia é um país rico, próspero e desenvolvido, que ocupa o 22º lugar no ranking global do Produto Interno Bruto (PIB) e, segundo dados do Fundo Monetário Internacional (FMI), ocupa atualmente o 7º lugar no ranking do PIB per capita. Líder mundial em investimento em pesquisa e desenvolvimento (P&D), a Suécia gasta cerca de 3% do PIB anualmente a este respeito. De acordo com o Relatório do Banco Mundial de 2016, a Suécia é o nono país mais acessível do Mundo para fazer negócios.

Os benefícios para as empresas estrangeiras, que operam na Suécia incluem:

  • Inglês falado amplamente, como uma linguagem de negócios
  • Localização no centro geográfico da região nórdica
  • Moeda forte
  • Ambiente empresarial moderno e amigável
  • Nativos de mente aberta, que acolhem novas ideias e produtos.

Os pontos fortes do mercado sueco são:

  • Economia estável e bancos confiáveis
  • Mão-de-obra qualificada e formada
  • Burocracia de fácil utilização
  • Atitude pioneira entre os empresários, em relação às novas tecnologias e tendências de consumo.
  • Falta de risco político

No entanto, o país apresenta alguns desafios. Por exemplo, o direito trabalhista é complexo e a relação entre empregadores e Sindicatos é forte. As empresas estrangeiras, que destacam trabalhadores para a Suécia, devem registar-se na Autoridade Sueca de Ambiente de Trabalho e indicar uma pessoa com contacto no país.

A economia sueca mostrou resiliência durante a crise financeira global e continuou a crescer nos anos subsequentes. O país alcançou um crescimento do PIB de 2,3%, em 2017, e a taxa média de desemprego entre os 15 e os 74 anos foi de 3,7%, no mesmo ano.

 

Una economía sólida y estable, un entorno empresarial moderno y sofisticado en conjunto con las grandiosas posibilidades de inversión presentan al emprendedor una oportunidad de oro para comenzar una empresa en Suecia.

 

A Suécia é membro da UE e da Organização Mundial do Comércio (OMC), antigamente o Acordo Geral sobre Pautas Aduaneiras e Comércio (GATT), o que significa que as mercadorias fabricadas na UE estão isentas de direitos de importação.

O Governo sueco tem atualmente um plano de gastos de infraestrutura de 10 anos, no valor de US$ 60 mil milhões, cobrindo tanto projetos rodoviários, quanto ferroviários, embora a maior parte do investimento esteja voltado para o setor ferroviário. O plano também abrange melhorias de infra-estruturas, como o desenvolvimento e construção de novas linhas ferroviárias e fundos extras, para a manutenção das linhas ferroviárias existentes e da rede rodoviária.

Mais importante, o Governo sueco busca soluções práticas e de baixo consumo de energia, para atender às crescentes demandas de infraestrutura.

A economia forte e estável, combinada com o moderno e sofisticado ambiente de negócios e as enormes oportunidades de investimento, oferecem ao empreendedor uma oportunidade de ouro para abrir uma empresa na Suécia.

Hoje, nós convidamos o Maxim para falar connosco. Ele vai explicar como registar uma empresa de responsabilidade limitada (LLC) e discutir os vários requisitos envolvidos.


Maxim, damos as boas-vindas ao Mundo Offshore. É um prazer tê-lo connosco.

-Que tipos de empresa podem ser registadas na Suécia (LLC, SA, IBC)?

Uma sociedade de responsabilidade limitada (LLC) é uma entidade jurídica que estabelece uma distinção clara entre a empresa e os seus proprietários- não sendo uma responsabilidade pessoal para os acionistas.

Uma sociedade de responsabilidade limitada tem um número de registo composto por dez dígitos. Isto irá servir como sendo o seu número de identificação e permanece enquanto este existir. O capital social mínimo é de SEK 50.000.

-Por que recomendaria a Suécia como um país para estabelecer uma empresa?

Muitas empresas suecas, bem conhecidas, alcançaram sucesso global devido ao facto de que a atividade de exportação na Suécia é livre e ampla, não regulamentada pelo Estado.

Os bancos suecos são financeiramente fortes e bem capitalizados, em comparação com muitos Bancos europeus. Falta de risco político, uma economia estável e bancos, nos quais você pode confiar, são os componentes do sucesso internacional da Suécia. O país não sente a necessidade de publicitar as oportunidades de negócios internacionais, como acontece com outros países europeus. Este facto demonstra a alta estima que o Estado tem, tanto por empresários, como para órgãos oficiais, noutros outros países.

-É necessário estabelecer um escritório local?

Não é necessário estabelecer um escritório local, se não houver planos para contratar pessoal local. Mas um endereço postal oficial é obrigatório.

-Que tipos de negócios podem ser realizados através de uma empresa na Suécia?

Qualquer tipo de negócio legal pode ser conduzido através de uma empresa sueca. Mas é especialmente importante e eficiente usar uma empresa sueca como veículo corporativo.

-Os estrangeiros podem registar-se a empresa ou precisam de solicitar residência?

Não há restrições quanto ao número ou cidadania dos acionistas da empresa. Os Acionistas têm o direito de regular as suas relações, de acordo com acordos privados, não públicos ou, até certo ponto, de acordo com os Artigos e/ ou Memorandos de Associação.

Todas as ações têm direitos iguais, salvo disposição em contrário nos artigos. Os artigos da empresa podem definir diferentes classes de ações, ou seja, diferentes direitos de participação nos ativos ou lucros da empresa, múltiplos direitos de voto, etc…

-Quais são os requisitos para registar uma empresa?

Um ou mais fundadores, que devem atender a certos requisitos, podem formar uma empresa de responsabilidade limitada, tais como:

– Pessoa(s) residente(s) no território do Espaço Económico Europeu (EEE)= UE + Islândia, Noruega, Liechtenstein

– Entidade jurídica sueca

– Entidade jurídica estabelecida no EEE, com sede ou operações importantes no EEE

– O diretor administrativo de uma empresa sueca deve residir no EEE. Em alguns casos, o Registador da Empresa pode conceder uma isenção deste requisito

– Se nenhum dos representantes da empresa residir na Suécia, o Director/ Conselho de Administração deve nomear uma pessoa autorizada, residente na Suécia, como pessoa de contacto para comunicação com as autoridades da Suécia, em nome da empresa;

A maneira mais fácil e mais comum de criar uma sociedade de responsabilidade limitada na Suécia é usar uma solução “pronta para iniciar”, fornecida por um agente da empresa.

-Qual é a duração do processo de registo?

Dentro de uma semana, no caso de uma solução “pronta para iniciar” e 3-4 semanas se partir “do zero”.

-É possível comprar empresas prontas? Quais são as vantagens disso?

Sim, o uso de uma empresa pronta (uma solução pronta para iniciar) dá acesso rápido a uma nova empresa de responsabilidade limitada pré-registada, que não tenha anteriormente negociado ou envolvido em atividades comerciais. A solução pronta para iniciar significa que a empresa pode iniciar os negócios, assim que o acordo de compra de ações é assinado e o capital social (mínimo de SEK 50.000) é transferido para uma conta bancária aberta para a empresa. Uma vez confirmado, uma procuração geral é dada aos acionistas, permitindo-lhes agir em nome da empresa.

As empresas suecas alcançam sucesso global devido a uma combinação de fatores vantajosos. Em primeiro lugar, e acima de tudo, a atividade de exportação é livre e não regulamentada pelo Estado. Além disso, os bancos suecos são fortes, bem capitalizados e confiáveis, e o país é politicamente estável. Esses factos demonstram porque a Suécia é uma proposta atraente para investidores e empreendedores.

Se você está a pensar em começar um negócio na Suécia, nós, da Mundo Offshore, esperamos que você tenha achado esta entrevista interessante e útil. Se tiver alguma dúvida ou quiser mais informações, não hesite em entrar em contacto connosco a qualquer momento. Estamos ansiosos para o poder ajudar.

Comentários
WhatsApp chat