Abrir uma empresa na Sérvia: Os 4 principais argumentos favoráveis

0 19

O líder sérvio, Alexander Vučić, anunciou a vontade do seu país de se tornar o centro regional do Fórum Econômico Mundial (WEF) em uma reunião com o presidente do mesmo, em 7 de setembro. Durante o encontro, Vučić destacou os progressos tecnológicos e econômicos da Sérvia.

O país tem alcançado resultados invejáveis nos últimos anos. As reformas reduziram a dívida pública e têm atraído capital estrangeiro ao país, o que tem afetado positivamente e gerado o desenvolvimento das pequenas e médias empresas sérvias. Estas foram as conclusões dos representantes do WEF, na sua última reunião.

Como confirmação das palavras do presidente sérvio, a agência internacional de classificação Fitch elevou, no dia seguinte, a avaliação de crédito soberano da República de BB para BB+, com previsão estável.

Se alguém tem dúvidas a respeito, este é o momento de pesar todos os prós e contras que a Sérvia apresenta como destino para o investidor. Honestamente, os riscos que podem alimentar possíveis argumentos contra o investimento no país não se diferentes daqueles presentes em qualquer outro país europeu. Em contrapartida, os argumentos a favor, estão se tornando cada vez mais pesados e irrefutáveis.

Os 4 principais argumentos a favor da abertura de uma empresa na Sérvia

1. A Sérvia não é uma jurisdição offshore

As políticas agressivas empregadas pela maioria de países importantes contra os territórios offshore não poderiam deixar de afetar as tendências e prioridades das empresas globais. As “zonas cinzentas”, que apresentam uma baixa carga fiscal e conferem altos níveis de privacidade, se encontram atualmente sob uma significativa pressão. As empresas localizadas nestas jurisdições estão de mãos atadas, praticamente privadas da oportunidade de fazer negócios. Além disso, a maioria dos empresários compreendem que é impossível se esconder para sempre. A legalização e a transparência são as principais tendências previstas para os próximos anos e são a chave para o sucesso na gestão empresarial. Perante esta nova realidade, a vantagem competitiva deriva de fatores mencionados e é algo que merece ser levado em conta.

Desde o verão de 2019, a Sérvia se juntou às normas do CRS para o intercâmbio automático de informações sobre contas financeiras. Portanto, os proprietários estrangeiros de empresas ou gestão de contas bancárias no país não podem mais confiar que as autoridades fiscais competentes não tenham acesso ao status de suas contas.

Entretanto, ao mesmo tempo, há uma série de vantagens para os proprietários: a Sérvia está totalmente excluída das listas “negras” e “cinzas”, o que significa que o seu negócio já não estará sujeito a suspeitas ou possíveis obstruções. Por isso, você poderá entrar sem medo em novos mercados, bem como dirigir os seus negócios para os territórios mais importantes a nível global, abertos ao comércio com a Sérvia graças a sua política de transparência.

Cabe destacar que a troca de informações não implica, de fato, a divulgação de qualquer informação sobre sua pessoa, mas que é mantido certo nível de privacidade.

 

A Sérvia geralmente assume uma posição muito interessante em seus acordos com a China, a União Européia e a Rússia, mantendo boas relações com todos eles.

 

2. Sérvia, um desenvolvimento estável

Em agosto de 2019, a Sérvia assinou a Convenção de Singapura das Nações Unidas relativa à resolução de conflitos comerciais. Trata-se de um claro indício de que o país está buscando uma maior estabilidade e previsibilidade nas operações comerciais internacionais. De acordo com o secretário de Estado do Ministério da Justiça da Sérvia, isso contribuirá para a ampliação de direitos e de possibilidades econômicas, bem como a melhoria das condições para o empreendedorismo.

Novamente fazemos referência ao que abordamos no início: o aumento geral do potencial econômico do país.

Essa tendência de melhora contínua do clima empresarial sérvio é o principal polo de atração de investimentos estrangeiros, da abertura a novos mercados ou da ampliação dos já existentes e do desenvolvimento da infraestrutura e instituições financeiras. Tudo isso atrai ainda mais novos fluxos de participantes interessados neste mercado. Trata-se de um feedback positivo que funciona e contribui para os ganhos de todos os envolvidos no processo.

A China é um excelente exemplo: os negócios deste território, que se esforça sempre na manutenção de uma posição de liderança econômica mundial, investem ativamente em empresas locais e no desenvolvimento de projetos rentáveis e promissores. No âmbito da estratégia “cinturão e rota”, estão se formando novos mercados de trabalho na Sérvia para atender tanto a demanda existente como a emergente em uma grande variedade de áreas. Tudo isso gera um notável potencial de crescimento para muitas empresas que participam em projetos semelhantes.

A Sérvia geralmente assume uma posição muito interessante em seus acordos com a China, a União Europeia e a Rússia, conseguindo, ao mesmo tempo, manter boas relações com todos eles. Deste fato surgem vários argumentos favoráveis para se fazer negócios na Sérvia. Falaremos deles a seguir.

3. Sérvia – UE

Se nos últimos anos costumava-se dizer que a Sérvia estava a dois passos da adesão à UE, hoje em dia pode-se afirmar que se encontra apenas a meio passo. De fato, o governo da república declarou mais de uma vez que seu objetivo é fazer parte da “família europeia”, tomando medidas e decisões reais que podem contribuir para isso.

No entanto, a ênfase desta abordagem foi alterada em datas recentes. Hoje em dia, é evidente que a própria UE é a principal interessada na entrada da Sérvia na união.

Muitos membros da União Europeia (em particular a Hungria) já salientaram a plena preparação do país para uma associação com a Europa, o que deve mover nesta direção todos os participantes no processo a curto prazo. A União Europeia está preocupada com o aumento do interesse na Sérvia por parte da China. Tudo isso pode enfatizar novamente o atrativo que a República Sérvia representa, tanto para as empresas europeias como para o resto das partes interessadas.

A principal conclusão que podemos extrair é que a Sérvia pode ser uma forma muito rápida e fácil de ter acesso à Europa. Hoje você pode registrar uma empresa na Sérvia e amanhã todo o mercado da UE se abrirá diante de você.

Se você está interessado em minimizar os riscos em seu país, devemos destacar quão interessante é a Sérvia no que diz respeito à obtenção de uma autorização de residência ou à formalização de cidadania e residência.

4. A Sérvia é um dos líderes europeus no que diz respeito a despesas de manutenção de uma empresa

Os gastos básicos para a manutenção da sua empresa serão o aluguel do escritório e o pagamento dos serviços de contabilidade. Os preços de aluguel partem de 2.400 euros anuais. A média salarial é de 400 euros, dispondo o país de uma mão de obra altamente qualificada. Além disso, as contribuições para o seguro desemprego e a seguridade social são baixas e totalmente acessíveis em comparação com as europeias.

A Sérvia desfruta também de baixos custos elétricos e despesas em gás e combustível se compararmos novamente com o resto do continente.

Estes baixos custos se estendem igualmente à carga fiscal, que será também parte do custo de manutenção de sua empresa. O imposto corporativo na Sérvia é de 15%, o que representa uma oferta atraente em comparação com a maioria dos países europeus.

Seria possível continuar com a lista de argumentos a favor, mas temos focado nos fatores mais determinantes.

Uma das vantagens de abrir uma empresa ou filial na Sérvia é a velocidade de registro, assim como a possibilidade de realizar todas as operações necessárias de forma remota. A este respeito, nós damos o apoio total na preparação de todos os documentos necessários e o acompanhamento durante todo o processo.

É importante ter em conta que a maioria dos empresários que decidem percorrer este caminho sozinhos pode enfrentar uma série de obstáculos e dificuldades, por isso é importante contar com a ajuda e o apoio leal de profissionais adequados.

Nossos especialistas possuem todas as habilidades necessárias, bem como a experiência e, o que é de vital importância, uma ampla rede de contatos (em outras palavras, sabem onde e a quem se dirigir para atingir os objetivos estipulados).

Se você deseja registrar uma empresa ou uma filial na República da Sérvia, não hesite em entrar em contato conosco. Os nossos especialistas irão ajudar você durante todo o processo.

Comentários
WhatsApp chat