O ouro está em alta

0 45

Recentemente, quando o mercado de ações se regularizou devido ao aumento dos rendimentos e dos dados econômicos globais que estavam desprestigiados, o ouro (assim como a prata) finalmente saiu do estado de inércia em que se encontrava. Para ter uma ideia de quão surpreendente foi o aumento dos preços do ouro no mercado na semana passada, apenas considere o fato de que nos dias anteriores, os fundos de proteção tinham acabado de fazer a aposta mais pessimista sobre estes ativos metálicos.

Atualmente estamos testemunhando um desses momentos de investimento onde, apesar da evidente existência de um mínimo durante a baixa no mercado, muitos investidores perderão a oportunidade de tirar proveito disso.

Depois de vários anos em que os preços do ouro e da prata experimentaram movimentos para baixo ou mesmo laterais, isso pode indicar um precedente durante os próximos meses. De acordo com a tendência histórica no setor financeiro, aqueles que não só reconhecem, mas que atuam sobre os fundos de mercado quando em baixa, aqueles que são suficientemente pacientes e corajosos para ir contra a maioria, serão, na verdade, os vitoriosos nos próximos anos.


o ouro assim como a prata finalmente saiu do estado de inércia em que se encontrava.

Considerando que a maioria dos outros investidores perde muito dinheiro em mercados de ações, em títulos e em todo o tipo de valores em papel, aqueles que possuem ouro e prata como ativos físicos são os que terão os benefícios de um investimento sólido, realizado no momento oportuno.

Na semana passada, os preços do ouro apresentaram o maior aumento desde março de 2017. Depois de uma queda nos mercados de ações globais e com dados que mostraram uma taxa de inflação norte-americana mais lenta do que o previsto, a demanda por ouro como ativo de reserva disparou.

O lingote de ouro, que no período de seis semanas alcançou um valor máximo de 1.218,60 dólares por onça na quinta-feira passada, tem sido negociado perto dos 1.200 dólares desde o final de agosto, já que os operadores comerciais avaliaram os riscos geopolíticos que poderiam impulsionar o interesse pelo metal como um refúgio contra as crescentes taxas de juros que diminuem a sua atratividade.

De acordo com dados oficiais publicados na sexta-feira, para a semana que terminou na terça-feira, os especuladores aumentaram sua posição líquida para o nível mais alto, pelo menos desde 2006, no que diz respeito a futuros contratos de lingotes de ouro e outras opções. Para a quinta-feira, o ouro estava experimentando um maior crescimento, atingindo níveis nunca antes vistos desde 2016, devido a uma queda nos mercados das bolsas mundiais e a uma inflação norte-americana menor do que a esperada, aumentaram as expectativas de que a Reserva Federal irá diminuir o ritmo do aumento das taxas de juros.

Na Mundo Offshore desejamos que nossos clientes possam atuar com prontidão e de forma estratégica, portanto, se você ainda não se abasteceu de ativos metálicos, como ouro e prata, este é o momento. Não hesite em nos contatar para que possamos oferecer orientação e assessoria.

Comentários
WhatsApp chat